Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Geografia’ Category

1 – (PUC-MG) Na questão abaixo, leia atentamente o texto que compõe o enunciado da questão. Observe com cuidado as estruturas sublinhadas.

“A massa Tropical atlântica, que domina o Sudeste brasileiro, compõe-se de duas correntes: uma inferior, fresca e carregada de umidade e outra superior, quente e seca. Dotada de calmaria, a mTa assegura, em condições normais, um bom tempo. Entretanto, por ocasião do enfraquecimento da alta pressão do Atlântico Sul, no verão, a massa Equatorial continental, formada na Amazônia, com características de instabilidade, avança sobre o Sudeste.”

Para corrigir o texto, faz-se necessário substituir:

a) massa Tropical atlântica por massa Equatorial continental.

b) calmaria por subsidência e inversão.

c) um bom tempo por tempo instável sujeito a chuvas.

d) alta pressão do Atlântico Sul por alta pressão dos Açores.

e) massa Equatorial continental por massa Equatorial atlântica.

2 – (PUC-RJ) Circulação Geral da Atmosfera (janeiro).

Assinale a alternativa correta:

a) 1 os ventos alísios de nordeste, quentes e úmidos, que diminuem o rigor da aridez nas bordas do deserto do Saara.

b) 2 os ventos monçônicos de verão, quentes e úmidos, que criam condições de umidade para a produção agrícola da Ásia das Monções.

c) 3 os ventos de oeste, que atingem a região mediterrânea da Europa, provocando chuvas de inverno.

d) 4 os ventos alísios de sudeste, cujo encontro, nesta época do ano, com as massas polares vindas do sul, provoca chuvas.

e) 5 as massas polares que avançam sobre o continente norte-americano até o Golfo do México, durante todo o ano.

3 – (UFPE) Observe as proposições abaixo:

1.As zonas de alta pressão atmosférica são chamadas áreas anticiclonais. São áreas para onde convergem ventos e massas de ar.

2.A pressão atmosférica é menor nas regiões de baixas latitudes em função das maiores temperaturas aí existentes.

3.A velocidade do vento é inversamente proporcional à diferença de pressão do ar atmosférico entre dois lugares.

4.Quando dizemos que a velocidade do vento é de, por exemplo 2 m/s, significa que qualquer partícula desse ar, localizada no nível de observação considerado, percorre uma distância de dois metros a cada segundo.

5.O movimento de rotação terrestre, que gira no sentido oeste-leste, interfere na circulação geral da atmosfera, pois os ventos sofrem um desvio ocasionado pela força de Coriolis. No hemisfério sul o vento tende a se desviar para a direita e no hemisfério norte para a esquerda.

Estão incorretas:

a) 1, 2 e 3

b) 1, 3 e 5

c) 2, 3 e 4

d) 3 e 4 apenas

e) 2, 4 e 5

4(UFPE) Analise as figuras e as proposições abaixo:

1.As monções, embora tenham um âmbito mais restrito, são os mais importantes dos ventos periódicos. Correspondem não às variações diurnas da temperatura, mas às que resultam das diferenças sazonais.

2.A figura 1 representa a monção de inverno ou monções oceânicas, que trazem chuvas abundantes e torrenciais.

3.Os ventos monçônicos caracterizam as regiões banhadas pelo Oceano Índico e, também, o Extremo Oriente.

4.A figura 2 representa a monção de verão ou monção continental, que ocasiona secas desastrosas.

5.Nas monções continentais as correntes aéreas dirigem-se da terra para o mar.

Estão corretas:

a) 1, 2 e 3

b) 2, 3 e 4

c) 3, 4 e 5

d) 2 e 4 apenas

e) 1, 3 e 5

5 – (UFMG) Analise o gráfico.

Regimes pluviais do litoral oriental do Brasil

Fonte dos dados: Instituto Nacional de Meteorologia (1961-1990)

A partir da análise e interpretação desse gráfico, é INCORRETO afirmar que

a) as chuvas em Cabo Frio, assim como em Torres, têm uma distribuição anual típica dos climas tropicais austrais.

b) a influência oceânica é insuficiente para explicar os totais e a distribuição sazonal das chuvas no litoral brasileiro.

c) os regimes pluviométricos de João Pessoa e Salvador são os mais semelhantes entre si, embora o último seja mais regular que o primeiro.

d) as curvas revelam a grande variabilidade dos padrões de distribuição de chuvas, mesmo se tratando de apenas um trecho do litoral brasileiro.

6 – (PUC-RS) A ilustração abaixo representa

Fonte: MARCONDES, A. C. Ecologia. 1992

a) fenômeno chamado “ilha de calor”, no qual, durante a noite, os poluentes não conseguem atingir as camadas superiores da atmosfera.

b) “chuva ácida”, a qual, em situações normais, provoca o movimento das nuvens para áreas mais distantes.

c) “inversão térmica”, um fenômeno climático que provoca agravamento da poluição.

d) “efeito estufa”, em que a camada do gás Ozônio não permite a saída de poluentes.

e) a alteração do “ciclo hidrológico” de uma área urbanizada, na qual a chuva causa a concentração da poluição.

7 – (UFPE) Leia com atenção as afirmativas a seguir.

1) Os ventos sopram sempre dos centros de baixas pressões para os de altas pressões em decorrência das diferenças de altitude e de pressão atmosférica.

2) A parte oriental do Nordeste brasileiro, mais especificamente o trecho que se estende do Rio Grande do Norte até Alagoas, encontra-se submetida permanentemente aos fluxos de ventos alísios de nordeste, oriundos do Pacífico Equatorial.

3) Os ventos alísios de Sudeste, que têm a sua origem na célula do Atlântico Sul, sopram freqüentemente sobre o Nordeste do Brasil.

Estão corretas:

a) 1,2 e 3

b) 1 apenas

c) 2 e 3 apenas

d) 3 apenas

e) 1 e 3 apenas

8 – (UFPE) Sobre aspectos do quadro natural da Região Nordeste do Brasil, analise as proposições a seguir:

1) Os rios do Meio Norte, sobretudo os da porção Oeste, apresentam cursos bastante extensos e caudalosos, mas apresentam variação considerável de volume de água entre o verão e o inverno.

2) Grande parte da Região apresenta o regime de chuvas de verão; esse regime é comandado pela massa Equatorial Continental, de ar quente e úmido.

3) A semi-aridez dominante no Sertão é uma conseqüência direta do fenômeno “El Niño” verificado no Pacífico Equatorial.

4) A parte oriental da região apresenta um regime de chuvas de verão-outono determinado pelas invasões freqüentes da Frente Polar Atlântica.

5) Uma das grandes unidades de relevo da região é a Depressão Sertaneja, caracterizada, sobretudo, pela predominância de solos profundos, um relevo de aspecto colinoso e chuvas concentradas no inverno.

Estão corretas:

a) 1,2 e 3 apenas

b) 2,3 e 4 apenas

c) 1, 3 e 5 apenas

d) 1 e 2 apenas

e) 1,2,3,4 e 5

9 – (PUC-MG) Em relação à dinâmica das massas de ar:

I. As massas estão sempre em movimento e, progressivamente, ocorrem mudanças em volume e nas suas características físicas.

II. As massas polares, ao se deslocarem para o domínio tropical, sofrem aumento de temperatura e redução de sua densidade, até perder suas características e desaparecer.

III. Ao se deslocarem, as massas entram em contato umas com as outras, apresentando linhas de descontinuidade.

a) se for correta apenas a afirmativa I.

b) se forem corretas apenas as afirmativas I e II.

c) se forem corretas apenas as afirmativas I e III.

d) se forem corretas apenas as afirmativas II e III.

e) se forem corretas as afirmativas I, II e III.

10 – (PUC-MG) Dentre os fatores que interferem na distribuição desigual da radiação solar, destaca-se o albedo, que se define como:

a) a capacidade que os diferentes componentes da superfície terrestre têm de refletir parte da radiação solar e não absorvê-la.

b) os diferentes comportamentos da terra e da água do ponto de vista térmico.

c) a quantidade da insolação na atmosfera nos diferentes períodos do ano.

d) o volume de radiação que o sol envia para o sistema atmosférico e que é recebido pela superfície da Terra.

e) a maior ou menor insolação decorrente da duração dos dias ou das noites.

Gabarito:
1-b 2-c 3-b 4-e 5-a 6-c 7-d 8-d 9-e 10-a

Anúncios

Read Full Post »

1 – (UFRJ) País     Taxa de Natalidade     Taxa de Mortalidade Geral     Taxa de Mortalidade Infantil

Analisando os dados acima, é correto deduzir, EXCETO:

a) A análise das taxas de mortalidade não é suficiente para distinguirmos o grau de desenvolvimento dos países.

b) Os índices de mortalidade infantil constituem um bom indicador de qualidade de vida de uma população.

c) A análise comparativa das taxas de natalidade e de mortalidade infantil serve como indicador do grau de desenvolvimento dos países.

d) Obtém-se a taxa de crescimento de um país através da média entre a taxa de mortalidade geral e a taxa de mortalidade infantil.

e) Pode-se constatar que a queda nas taxas de mortalidade antecede a queda nas taxas de natalidade.

2 – (VUNESP) Assinale a alternativa que indica corretamente as principais características da população australiana.

a) Predominantemente branca, numerosa e bem distribuída no espaço.

b) De origem ameríndia, rural, com altas taxas de natalidade.

c) Predominantemente branca, urbana, com elevada esperança de vida.

d) De origem britânica, urbana, com altas taxas de mortalidade infantil.

e) De origem americana, numerosa e concentrada na porção centro-norte do país.

3 – (UFPA) “A partir da cidade, a indústria comanda a articulação de um espaço onde o campo e um conjunto de pequenas, médias e grandes aglomerações urbanas executam as suas funções de modo que todo o processo produtivo possa funcionar”

PEREIRA, Diamantino et al. O Espaço Brasileiro. 2a edição. S. Paulo: Atual Editora, 1994. P. 163

As informações acima e a análise das relações campo x cidade, possibilitam afirmar que

a) o processo de urbanização é mundial, condicionado pela disseminação da economia de mercado e pela divisão do trabalho; nessa trajetória a economia urbana subordina e transforma a economia rural, integrando a agricultura às necessidades do mercado urbano

b) o meio rural comanda o movimento de produção da riqueza, gerando empregos e suprimindo-os do meio urbano

c) apesar do grande êxodo rural que ocorre nos países subdesenvolvidos e em desenvolvimento, verifica-se neles uma estabilidade entre os contingentes populacionais do campo e da cidade

d) o desenvolvimento tecnológico tem possibilitado modernização nas atividades rurais, provocando com isso ampliação da oferta de empregos

e) no caso brasileiro, a migração campo – cidade é motivada pelo fascínio urbano, uma vez que os fatores de repulsão são inexpressivos

4 – (PUC-RS) INSTRUÇÃO: Responder à questão abaixo com base no quadro abaixo.

* expectativa de vida de 74,6 anos

* nível de alfabetização dos adultos de 89,9%

* 6,4% do PIB investidos em saúde, educação e saneamento

* elevada participação de adolescentes ( 48,9% ) e crianças ( 2º lugar do BR ) no mercado de trabalho, em precárias condições

Segundo relatório da ONU (1996) e do IBGE (1993) sobre a qualidade de vida, o Estado que apresenta as características constantes no quadro acima é

a) São Paulo.

b) Minas Gerais.

c) Rio Grande do Sul.

d) Paraná.

e) Rio de Janeiro

5 – (PUC-RS) Responder à questão com base na figura abaixo, sobre Pirâmide Etária.

Considerando a pirâmide, só não é possível afirmar:

a) A população de 0 a 9 anos é menos numerosa que a de 15 a 24 anos, tanto entre homens como entre mulheres.

b) A pirâmide caracteriza um país europeu com alta taxa de natalidade e baixa taxa de mortalidade infantil, retratada em uma base larga e um topo estreito.

c) A pirâmide pode representar os Estados Unidos, pois apresenta uma alta expectativa de vida.

d) A pirâmide caracteriza as condições econômicas do país, pois é capaz de comparar a natalidade com a expectativa de vida.

e) A alta esperança de vida representada na pirâmide resulta de uma equilibrada distribuição da renda que possibilita uma boa alimentação e assistência médica de qualidade.

6 – (UFPA) As relações campo-cidade ocorrem não somente no sentido do campo fornecer os insumos básicos agrícolas para o abastecimento das cidades. O campo tem sido também um grande fornecedor de força – de – trabalho para os centros urbanos. Para muitos habitantes do campo, migrar para a cidade, antes de ser uma dentre várias opções, é, quase sempre, a única opção, posto que

a) os migrantes são concretamente expulsos de suas terras ou saem simplesmente porque o que podem obter, nas condições que possuem, não dá para manter sua família.

b) os migrantes abandonam as suas terras em virtude, sobretudo da pressão que sobre eles é exercida com a progressiva elevação dos preços das terras.

c) a cidade exerce sobre os camponeses uma grande atração dado que proporciona melhores condições de vida que, geralmente, os migrantes conseguem na cidade.

d) o campo, além de não apresentar as condições infra-estruturais adequadas para a fixação do homem, as práticas agrícolas atrasadas e predatórias praticadas pelos camponeses degradam facilmente o solo.

e) internamente a cada grupo familiar camponês, o crescimento do número de filhos sendo superior a ampliação de suas terras, impossibilita o sustento de sua família.

7 – (PUC-MG) Analisando as questões demográficas mundiais, todas as afirmativas abaixo estão corretas, EXCETO:

a) No Primeiro Mundo, a queda nas taxas de mortalidade precedeu a queda nas taxas de natalidade.

b) No Terceiro Mundo, a queda nas taxas de natalidade precedeu a queda nas taxas de mortalidade.

c) No Primeiro Mundo, a queda nas taxas de mortalidade se deu em função do avanço da própria sociedade.

d) No Terceiro Mundo, a queda nas taxas de mortalidade se deu em função da utilização de técnicas médico – sanitárias importadas dos países desenvolvidos.

e) A urbanização favorece a queda nas taxas de natalidade, tanto nos países do Primeiro Mundo como nos países do Terceiro Mundo.

8 – (UERJ) O gráfico representa um dos resultados de pesquisa realizada pela Secretaria Municipal do Trabalho da cidade do Rio de Janeiro, revelando que o índice de desemprego nas favelas cariocas supera em muito a média geral do Rio de Janeiro.

(O Globo, 27/09/98)

A partir da análise do gráfico acima, pode-se concluir que:

a) a população carente e com menos acesso à instrução é a mais atingida pelo desemprego

b) a Zona Sul do Rio de Janeiro é a mais beneficiada pela atividade turística geradora de empregos

c) os setores sociais mais marginalizados estão sendo atingidos pela repressão policial a suas atividades

d) os trabalhadores do subúrbio são atingidos pela desatenção do governo quanto à política industrial

9 – (UFSCAR) Os imigrantes vinham trabalhar nas fazendas, sob o regime de empreitada, acertados previamente. Tinham permissão para plantar a roça de subsistência nos corredores do cafezal, intercalando as duas culturas, ou ainda podiam trabalhar em outras terras fora do cafezal. Distribuíram-se pelo interior de São Paulo, como se pode observar no mapa.

Entre os anos de 1887 e 1888 ocorreu o que se costuma chamar de “a grande imigração” para as plantações de café. Nessa época teve papel destacado o imigrante

a) italiano.

b) espanhol.

c) português.

d) alemão.

e) japonês.

10 – (UFSCAR) Apesar de o processo de urbanização ter se iniciado com a Revolução Industrial, foi um fenômeno lento até a Segunda Guerra Mundial. Hoje, o fenômeno é acelerado e a previsão para o ano 2000 é de que a população urbana mundial deve superar os 50%.

A análise da tabela nos permite afirmar que, dentre os países citados,

a) a Revolução Industrial atingiu a todos de forma semelhante.

b) os de maior população urbana, no ano 2000, estão no hemisfério oriental.

c) a Argentina e o Brasil são os países de maior população urbana do continente americano, desde 1960.

d) os africanos, em sua totalidade, possuem os mais baixos índices de urbanização.

e) os países economicamente mais ricos possuem a população urbana elevada, desde 1960.

Gabarito:

1-d 2-c 3-a 4-c 5-b 6-a 7-b 8-a 9-a 10-e

Read Full Post »

1 – (FESP) Examine atentamente as sentenças a seguir e assinale o grupo das que lhe parecerem corretas.

1 – Paralelamente ao Equador ficam dispostos círculos que diminuem de tamanho à proporção que estão mais próximos dos pólos.

2 – A latitude de um lugar é medida em km e representa a distância entre dois pontos na superfície do planeta.

3 – As coordenadas geográficas compreendem a latitude, a longitude, a distância em metros em relação ao nível do mar e as isoietas.

4 – A longitude é o afastamento, medido em graus, de um meridiano em relação a outro, chamado meridiano de Greenwich.

5 – Quando se projeta a rede de paralelos e meridianos sobre o papel, tem-se uma projeção cartográfica.

Assinale:

a) se todas são corretas:

b) se apenas 1, 2 e 3 são corretas;

c) se apenas 1, 4 e 5 são corretas;

d) se apenas 2, 3 e 5 são corretas;

e) se apenas 2, 4 e 5 são corretas.

2 – (UFPE) Observe as proposições abaixo, tomando por referência o mapa do Nordeste.


I) Em relação ao Meridiano de Greenwich, o Nordeste está situado no Hemisfério Oriental.

II) As coordenadas geográficas do ponto A, situado na parte central da Bahia, são: Lat. 12o S e Long. 42o W.

III) De acordo com a escala apresentada, podemos concluir que cada centímetro do mapa corresponde a 150 Km no terreno.

IV) No mapa, a distância em linha reta entre Salvador e Teresina é de 3,5 cm, que equivale a uma distância real de 1.050 Km.

V) São Luís é a capital mais setentrional do Nordeste.

São corretas:

a) II, IV, V

b) I, IV, V

c) II, III, V

d) II, III

e) I, II, III

3 – (PUC-MG) A questão abaixo deve ser respondida de acordo com o mapa espaço geográfica brasileiro.


As coordenadas geográficas correspondentes à localização da cidade de TERESINA são:

a) Lat. Sul 42o 48′ 36″ e Long. Ocid. 50o 04′ 35″

b) Lat. Sul 5o 04′ 36″ e Long Ocid. 42o 48′ 56″

c) Lat. Norte 42o 48′ 36″ e Long. Ocid. 5o 04′ 36″

d) Lat. Norte 5o 04′ 36″ e Long. Ocid. 42o 48′ 56″

e) Lat. Sul 5o 04′ 36″ e Long. Orient. 42o 48″ 56″

4 – (PUC-RS) INSTRUÇÃO: Responder à questão com base no mapa e afirmativas abaixo, relacionadas à percepção cartográfica.


I. Neste mapa aparece a porção meridional do Brasil e o Trópico de Câncer, localizado ao Sul do Equador.

II. A área menos deformada deste mapa é o Pólo Sul, pois é uma Projeção Azimutal Polar.

III. O mapa apresenta como ponto central o Pólo Norte, ficando em evidência o Círculo Polar Ártico.

IV. Todos os continentes nessa projeção estão ao norte do seu centro.

V. Entre os meridianos apresentados existem dois fusos horários.

A análise das afirmativas permite concluir que está correta a alternativa

a) I, II e III

b) I, III e V

c) II, IV e V

d) II e IV

e) III e V

5 – (UFRN) Analise a figura abaixo e assinale a opção que corresponde, respectivamente, às coordenadas geográficas dos pontos X e Z.

X

Z

a)

60o de Latitude Sul

15o de Longitude Oeste

30o de Latitude Sul

90o de Longitude Leste

b)

15o de Latitude Norte

60o de Longitude Leste

90o de Latitude Norte

30o de Longitude Oeste

c)

60o de Latitude Norte

15o de Longitude Leste

30o de Latitude Norte

90o de Longitude Oeste

d)

15o de Latitude Sul

60o de Longitude Oeste

90o de Latitude Sul

30o de Longitude Leste

6 – (PUC-RS) Os desertos existentes no mundo são resultado da combinação de fatores que poderiam ser resumidos em duas situações principais do ponto de vista da circulação atmosférica:

I. localização em áreas tropicais, onde os contra-alíseos chegam secos e resfriados, impedindo precipitações;

II. ocorrência de chuvas orográficas a barlavento, determinando assim climas áridos a sotavento.

Nessas condições estão, respectivamente, os desertos

a) de Atacama e da Arábia.

b) do Saarae da Austrália.

c) de Gobi e da Patagônia.

d) da Califórnia e do Saara.

e) da Austrália e Kalahari.

7 – (PUC-RS) Responder à questão com base no mapa e nas afirmativas abaixo.

I. É uma projeção cilíndrica, caracterizando uma visão de mundo eurocêntrica, privilegiando a forma dos continentes.

II. Publicada pela primeira vez em 1973, pelo historiador alemão Arno Peters, indica uma projeção cilíndrica equivalente.

III. Pretende demonstrar uma visão geopolítica dos países subdesenvolvidos, pois enfatiza o ponto de vista do Sul, apesar de comprometer a forma dos continentes.

IV. É um mapa equivocado, pois o Norte está “embaixo” e o Sul “em cima”.

V. Foi idealizada no século XVI, pelo belga Mercator, e se caracteriza por ser uma projeção conforme, sendo muito utilizada nas Grandes Navegações.

A análise das afirmativas, relacionadas ao mapa, permite concluir que está correta a alternativa

a) I, II e III

b) I, III e V

c) I e V

d) II, III e IV

e) II e III

8 – (PUC-RS) Que hora solar verdadeira e hora legal são correspondentes respectivamente em uma cidade localizada a 48O de longitude Oeste e 30O de latitude Sul, sabendo que, no centro do fuso horário onde se localiza a cidade, os relógios marcam 12h?

a) 12h e 12min – 11h

b) 10h e 48min – 11h

c) 12h – 12h e12min

d) 11h e 48min – 12h

e) 12h – 12h

9 – (PUC-RS) Responder à questão com base no gráfico, que representa parte das coordenadas geográficas

O ponto antípoda de B é:

a) 3o de latitude Norte e 2o de longitude Oeste.

b) 87o de latitude Sul e 2o de longitude Oeste.

c) 3o de latitude Norte e 178o de longitude Oeste.

d) 2o de latitude Sul e 177o de longitude Leste.

e) 3o de latitude Sul e 4o de longitude Leste.

10 – (PUC-MG) Analisando o planisfério abaixo, todas as afirmativas podem ser constatadas nele, EXCETO:

a) apresenta os paralelos retos e horizontais e o meridiano reto e vertical.

b) o planisfério resultou de uma projeção cônica.

c) as áreas de altas latitudes estão incorretas quanto a áreas e distâncias.

d) as latitudes extremas do hemisfério meridional deixaram de ser mostradas.

e) a Antártida foi parcialmente cortada.

Gabarito:

1-c 2-c 3-b 4-c 5-a 6-e 7-e 8-d 9-c 10-b

Read Full Post »

1 – (PUC-MG) O novo modelo de consumo tem produzido transformações no espaço interno das metrópoles. Dentre elas destacam-se as seguintes, EXCETO.

A – degradação do espaço central metropolitano.

B – desenvolvimento do consumo como lazer.

C – divisão menos elitista do espaço.

D – localização de grandes estabelecimentos comerciais ao longo de avenidas principais, vias expressas e rodovias.

E – modificações no sistema de abastecimento.

2 – (UFRN) Uma cidade está localizada a 5cm de outra, medidos sobre um mapa de escala 1:200.000. Desprezando as distorções normais de uma projeção, marque a opção que indica a distancia real (no terreno) entre as cidades.

A – 5km.

B – 100km.

C – 10km.

D – 50km .

3 – (PUC-PR) Sobre a orientação, pode-se afirmar corretamente.

A – O espaço entre o sudeste e o noroeste tem dois pontos cardeais, dois pontos colaterais e cinco subcolaterais, partindo de qualquer direção.

B – A representação gráfica da orientação é feita através da coordenadas geográficas.

C – A distância sudoeste-sudeste é de 180°.

D – A distância leste-oeste é de 180°.

E – O espaço entre o ponto colateral noroeste e o ponto colateral sudeste, sentido horário, tem dois pontos colaterais e seis pontos subcolaterais.

4 – (UFRN) O El Niño tem provocado grandes transformações na dinâmica dos elementos do clima da Terra. A sua origem está relacionado à (ao)…

A – estabilidade no regime dos ventos em grandes extensões oceânicas.

B – resfriamento das águas do Oceano Atlântico do Sul.

C – aquecimento das águas do Oceano Pacífico Equatorial.

D – instabilidade nas correntes marítimas do Oceano Índico.

5 – (PUC-MG) O efeito de continentalidade do clima resulta em:

A – produzir elevada altitude térmica.

B – produzir pequena variação da temperatura entre as estações do ano.

C – produzir chuvas abundantes.

D – ocasionar ventos muitos fortes.

E – manter constantes as temperaturas elevadas.

Gabarito: 1C/ 2C/ 3D/ 4C/ 5A.

Read Full Post »